Gramado: terra do cinema brasileiro

Gramado é a terra do chocolate, do frio, das belas paisagens, do Natal Luz e de dezenas de atrações. É também a terra do cinema brasileiro, palco do principal festival do país: o Festival de Cinema de Gramado, que completa 44 anos em 2017.

kikito

A primeira edição do evento aconteceu em 1973 e ajudou a contar a história do nosso cinema, premiando as principais produções cinematográficas e artistas. Grandes atores, atrizes e diretores brasileiros já receberam o troféu Kikito, o Deus da Alegria, cuja estatueta foi criada por Elizabeth Rosenfeld, uma grande incentivadora do artesanato gramadense.

Em 1992 o Festival de Cinema de Gramado tornou-se internacional, abrindo espaço para produções ibero-americanas. Ali também se fixou a data do Festival, sempre sendo realizado no mês de agosto.

Na edição do ano passado, o grande vencedor do Festival foi o longa “Barata Ribeiro, 716” de Domingos de Oliveira, que levou o Kikito de melhor filme, direção, trilha sonora e atriz coadjuvante. Em 2017, a edição está marcada para o período entre 17 e 26 de agosto no Palácio dos Festivais.

Pra quem adora cinema, vale muito a pena programar uma visita a Gramado durante o período do Festival. É a chance de ver de perto vários artistas, assistir a dezenas de filmes e, de quebra, passear pela cidade.

Outra opção é visitar o Museu do Festival de Cinema de Gramado. Ele fica na Av. Borges de Medeiros, n° 2659, e conta a história dos festivais. Está aberto de segunda a sábado, das 10h às 18h.